Vida Planejada

Cachorro em apartamento: dicas para ter um

FONTE: A+ A-

04 out 2019 0 Comentários

Mais que animais de estimação, os cachorros são considerados membros da família. Trazem alegria, fazem companhia e, claro, também demandam cuidados e atenção, independentemente do local onde são criados.

Mas em se tratando de ter um cão em apartamento, com menos espaço para ele? Muda alguma coisa?

A resposta é sim. Com certeza, eles continuam precisando brincar, passear, comer, beber água, fazer suas necessidades, ter um lugar apropriado para dormir, tomar banhos regularmente, além de estar em dia com as vacinas, vermífugos, carrapaticidas e antipulgas. Isso é válido para qualquer lugar.

Então, o que muda? Vamos a alguns pontos importantes:

1. Invista em segurança no apartamento

Preparar o ambiente para receber o cachorro é fundamental. Por isso, se você já mora em apartamento e vai adotar um cão, ou se já tem um e está se mudando para um apê, a dica é colocar telas de proteção nas janelas, varanda e área de serviço.

Estando você em casa ou não, ele pode se assustar com alguma situação (fogos de artifício, por exemplo), tentar pegar um pássaro ou até mesmo se empolgar atrás de um brinquedo e acabar caindo ou pulando do apartamento. Melhor prevenir, né?

2. Tenha plantas que não prejudiquem a saúde dos cães

Segundo o especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, existem algumas plantas que são tóxicas para cachorros, como Azaleia, Espirradeira, Kalanchoe, Copo de Leite, Espada de São Jorge, Antúrio, Comigo-Ninguém-Pode, dentre outras.

Por isso, é sempre importante ter cuidado para que o cão fique longe delas, afinal, podem causar problemas graves e até levar à morte.

3. Cumpra uma rotina de passeios diários

Que todo cachorro precisa passear, isso é fato. Todo mundo sabe. E os que vivem em apartamento requerem uma rotina maior de passeios, de 2 a 3 por dia.

Mas não saia somente para que ele faça as suas necessidades (xixi e cocô). Ele tem que farejar, conhecer a redondeza, socializar com outros pets, caminhar, correr e gastar energia. Com certeza, fará bem não só pra ele, mas também pra você.

4. Brinque com seu cão todos os dias

Brinquedos resistentes são essenciais para que o cachorro se divirta e se distraia, principalmente na sua ausência. Assim, os móveis do seu apartamento deixarão de ser atrativos. No entanto, quando você chegar, é fundamental que dedique um tempo do seu dia para brincar com ele. Afinal, certamente ele virá até você trazendo um brinquedo e abanando o rabo. Quem resiste a essa cena?

5. Cuide bem da limpeza do apartamento

Limpe religiosamente todos os dias o local em que ele faz as suas necessidades dentro do apartamento e as vasilhas de água e comida. Não dá pra deixar pra depois. Lave a caminha uma vez por semana e higienize frequentemente sofás e tapetes.

6. Respeite as regras do condomínio

A última, mas não menos importante, é que você siga as boas práticas do condomínio. Fique atento a todas as regras e evite problemas com vizinhos, advertências ou multas.

Viu só? Com um pouco mais de disciplina e disposição, mas sempre com muito carinho, paciência e amor, é possível criar cachorro em apartamento, independentemente do porte do animal ou do espaço disponível.

Ficou animado ou já está passando por essa experiência? Conta aqui pra gente!

COMPARTILHAR:
Loading