Realize seu sonho Vida Planejada

Como comprar meu primeiro apartamento?

FONTE: A+ A-

02 mar 2020 0 Comentários

Adquirir o primeiro apartamento é o objetivo de muitas pessoas que desejam sair do aluguel. O sonho do próprio imóvel significa também ter mais liberdade, responsabilidade e segurança financeira, já que o mercado imobiliário é um dos mais sólidos do país. Se você quer comprar seu primeiro apartamento para construir o próprio patrimônio, portanto, essa é uma excelente maneira de começar.

O local, o bairro, o tipo de imóvel, o fato de ser novo ou usado e a quantidade de cômodos necessária são apenas alguns dos principais critérios considerados na hora de escolher. Além disso, é essencial fazer uma pesquisa aprofundada antes de comprar o primeiro apartamento.

A seguir, você vai conhecer as principais vantagens de ter seu primeiro apartamento, além de dicas para se planejar financeiramente para garantir que seu sonho se torne realidade. Vamos começar?

1. Valorização

Você já deve ter notado que referimos à compra do primeiro apartamento como “investimento” -— e isso não é à toa. Esse é o tipo de bem que tende a valorizar com o passar dos anos, ou seja, depois de um tempo, é muito provável que seu imóvel esteja valendo bem mais do que você pagou.

Esse pode ser o primeiro passo para comprar, no futuro, um imóvel melhor usando o valor do primeiro como uma boa entrada, ou até mesmo permanecer com o seu primeiro apartamento e ter um bem de grande valor em posse para alugar.

2. Mais facilidade no pagamento

Grande parte dos jovens ainda não têm despesas com filhos e outras responsabilidades familiares. Por esse motivo, comprar o primeiro apartamento e pagar as parcelas pode ser uma excelente opção nessa fase da vida. Assim, enquanto o momento de ter uma família não chega, você investe no seu futuro e no seu patrimônio.

3. Estabilidade

A compra de um imóvel pode contribuir para que esse sonho se torne realidade. Atualmente, o gasto com o aluguel é uma das despesas que mais pesa no bolso. Por isso, ter um apartamento próprio é uma forma de garantir mais estabilidade no futuro. 

Mesmo que o primeiro apartamento seja pago em parcelas, só o fato de que você está investindo em algo que é seu traz muito mais tranquilidade e liberdade para pensar no futuro sem se preocupar com o dinheiro do aluguel.

4. Fonte de renda

Além do tópico anterior, ter um imóvel próprio pode ser uma ótima maneira de começar a pensar em investimentos e fontes de renda extras para os próximos anos, garantindo uma estabilidade momentânea e se tornando uma fonte de receita futura. 

Como você viu, um imóvel adquirido hoje tende a valorizar com o passar do tempo, podendo se tornar uma renda extra para você: em alguns anos, você poderá alugá-lo e se mudar para um apartamento maior ou ainda vendê-lo para investir em um novo imóvel. 

Como me planejar financeiramente para comprar o primeiro apartamento?

A organização financeira é o grande segredo para o sucesso da sua compra, então não deixe de pensar em tudo com muita atenção e seguir seu planejamento à risca. Quando falamos em comprar um imóvel, é preciso organizar seu dinheiro para descobrir qual tipo de imóvel você pode comprar no momento, quanto poderá gastar por mês e quando essa aquisição poderá ser feita. Confira a seguir algumas dicas para fazer um bom planejamento financeiro:

1. Defina suas metas

Quais são os sonhos que você deseja alcançar? Ao responder essa pergunta, você estará também priorizando suas necessidades. Se comprar o primeiro apartamento for uma delas, é preciso se preparar para chegar ao prazo final com a meta cumprida. 

Priorizar o imóvel é uma atitude inteligente, mas o planejamento deve vir acompanhado da consciência de que essa é uma aquisição de alto valor -— ou seja, outras conquistas dos seus sonhos podem ter que esperar mais um pouco.

2. Estabeleça prazos possíveis

Depois de definir quais são seus sonhos e estabelecer uma ordem de prioridade para eles, é hora de colocar prazos para cada conquista. Isso é importante para ajudar incentivar você a cumprir suas metas aos poucos e lembrar que todo sacrifício é feito em prol de um objetivo maior.

Faça algumas contas, analise sua situação financeira e consulte os corretores responsáveis pelos imóveis que você tem em vista. Assim, você será capaz de estimar uma data possível para realizar sua compra com mais segurança, diminuindo os riscos de não conseguir cumprir o prazo e acabar se frustrando.

3. Tenha uma planilha de gastos

Na sua planilha, coloque todos os seus gastos fixos mensais (água, internet, energia, gás, aluguel) e outras despesas, como academia, plano de saúde e demais contas a pagar. Depois, inclua aqueles gastos do dia a dia que são variáveis, como supermercado, restaurantes, compras pontuais, entre outros. 

É importante que você anote tudo o que for gasto para entender se há exageros e como retirá-los nos próximos meses para economizar. Outra dica importante para colocar na planilha são os gastos futuros. 

4. Adquira o hábito de poupar

Chegou a hora de colocar seu planejamento em prática. Educar-se para poupar pode não ser uma tarefa fácil, mas é totalmente possível: basta estar disposto e ter consciência de que tudo será feito em prol da realização de um sonho. Comece com as pequenas coisas, como substituir o almoço fora duas vezes na semana por uma comida feita em casa ou levar lanches da tarde para o trabalho. Por isso, estude sua planilha, observe seu comportamento e veja se é possível economizar em algo que não impactará na sua rotina.

5. Negocie com a construtora

As construtoras, geralmente, oferecem oportunidades de pagamento capazes de facilitar a compra de um imóvel financiado. Portanto, vale a pena apostar na negociação. Nessa etapa, costuma ser necessário informar acerca da renda, inclusive sobre como será sua composição (individual ou familiar).

Levantar esses e outros dados ligados à capacidade de pagamento permite à empresa montar um plano capaz de proporcionar ao cliente a chance de comprar o primeiro apartamento. Já quando se trata de uma aquisição à vista, negociar abre espaço para descontos e mais vantagens.

 6. Informe-se sobre a localização

Antes de fechar a compra do primeiro apartamento, visite o bairro, faça uma sondagem pela vizinhança, procure ver como é o local durante o dia, à noite e aos finais de semana para observar detalhes como a movimentação, o nível de barulho e a segurança do lugar.

A mobilidade urbana é outro elemento fundamental a se analisar, por isso cheque quais vias próximas ligam o endereço aos locais que você frequenta cotidianamente. Outra especificidade é se existem comércios e serviços ao redor, pois a presença de estabelecimentos resulta em uma desejável praticidade.

7. Use o FGTS

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (ou FGTS) é um direito assegurado por lei a todos os trabalhadores que tenham carteira assinada. Há bancos que o aceitam como parte do pagamento na compra de um imóvel.

Então, servindo como entrada ou na diminuição das parcelas, seu uso pode representar valiosa contribuição para a compra do primeiro apartamento. Existem, no entanto, algumas regras a serem observadas quando se pretende usar o Fundo na aquisição de um imóvel.

Já realizou todas as etapas e está pronto(a) para dar início a uma nova etapa da sua vida? A Realiza disponibiliza consultores especializados para te orientar e esclarecer suas dúvidas. Deixe aqui nos comentários ou acesse fale conosco com um de nós pelos contatos.

COMPARTILHAR:
Loading